domingo, 12 de setembro de 2010

M.C. Escher - Uma Breve Biografia



Maurits Cornelis Escher, nasceu em 17 de junho de 1898 na província holandesa de Friesland. Os seus pais George Arnold Escher e Sarah Gleichman Escher tiveram 3 filhos, entre os quais Maurits ( que seus pais tratavam-lhe afectivamente por Mauk)
era o mais novo. Seu pai, George, trabalhava como Engenheiro Civil e também como engenheiro chefe para um departamento do governo. A sua família morava numa grande casa chamada "Princessehof" ,que anos depois viria a tornar-se um museu exibindo alguns dos trabalhos de M. C. Escher.



Ainda criança M. C. Escher mudou-se para Arnhelm com sua família onde cursou o primeiro e o segundo grau. Em 1907 começou a aprender piano e carpintaria. No segundo grau suas notas eram muito más a não ser nas aulas de artes, cuja professora logo se cativou muito cedo pelo seu talento indiscutível e o incentivou-o bastante.




Em 1917 a família Escher estava a mudar-se para Oosterbeek. Durante este ano e os seguintes M. C. Escher estava muito envolvido com literatura, e viria a escrever os seus primeiros poemas .

Em 1918 Escher começou a estudar Arquitectura na "Higher Technology School" em Delft.
Contudo como possuía uma saúde fraca foi rejeitado do alistamento militar o que fez com que ele não pudesse concluir os seus estudos.




Durante este período difícil Escher fez vários desenhos e começou a trabalhar com madeira. Foi durante esta época que Escher começou a ser reconhecido pela imprensa.
Escher e sua família foram visitar a Itália em 1921 , que se tornou um dos lugares preferidos por Escher e isso influenciou muito os seus trabalhos.

Em 1922 acompanhado de dois amigos Escher voltou para Itália, duas semanas depois dele chegar os seus dois amigos voltaram para Holanda e ele decidiu ficar e conhecer o interior da Itália, passando por várias cidades nas quais ele fazia desenhos dos
campos, flores, casas e até de insectos.

Em 1923, foi o ano que Escher conheceu Jetta Umiker, que mais viria a tornar-se sua esposa a 12 junho de 1924. Em 1926 comprou uma grande casa em Roma onde nasceu seu filho George Escher no mesmo ano. Alguns anos mais tarde em 1930 nasceu Arthur
Escher, segundo Filho de M. C. Escher. As décadas de 20 e 30 foram óptimas para Escher, a sua carreira evoluiu rapidamente e ele ficou muito famoso por toda a Holanda onde fazia constantemente exposições dos seus trabalhos mais recentes.



Em 1944, durante a segunda guerra Escher sofreu uma grande perda. O seu velho professor, Samuel de Mesquita, fora levado pelos nazis e morto. Escher ajudou a proteger os trabalhos de Mesquita e em 1946 organizou um memorial para Mesquita no
museu de Stedelijk.

A sua fama na América chegou depois de dois artigos produzidos por duas revistas , "The Studio" e o "Time-Life journalist Israel Shenker" que foram publicadas em 1950/51. Em 1968 Escher voltou para Baarn. Sua esposa, infeliz com a
mudança foi morar para a Suíça, mas Escher continuou em Baarn.

Com a saúde péssima em 1970 Escher montou um estúdio e passou a trabalhar apenas em casa, contudo Escher estava muito debilitado e não estava a trabalhar em novos projectos. Apesar do seu estado da sua doença Escher chegou a ver o seu primeiro livro "The World of M. C. Escher" que foi traduzido para inglês que fez
muito sucesso.

Em março de 1972 a condição de saúde de Escher piorou muito, já no Hospital, em 27 de Março de 1972 ele faleceu aos 73 anos.

Um comentário:

  1. M.C Escher é um heroi para todos nos pois foi um grande homem

    ResponderExcluir